Fabio Riff e Guga Szabzon
Antonio Ewbank

[link para pdf ︎]

Faz As Vezes De Compasso Aberto Em V Entre Os Dedos O Símbolo Pinça Uma Carta À Mesa Resignado Sabe Nunca Poder Representar Isenta De Distorções A Superfície Terrestre Apenas Traça Um Desígnio Que Proporciona Rigor Científico À Arte Da Escrita Manual Dos Mapas Conforme O Propósito Certas Deformações Aceita O Achatamento Do Globo Sendo Método Que Resulta Sempre Num Espaço Bidimensional Reduzido Feito As Diversas Técnicas De Projeção Cartográfica Nada Mais Do Que A Variação Dum Mesmo Plano Colorido E Limitado E Convencional Através Do Qual Outrora Eram Imaginadas Peças Gráficas A Partir De Desenhos E Relatos De Viagem E Assim Por Diante As Paragens Desconhecidas Com Gravuras Ocupadas Embora Hoje Uma Padronização Global Bem Assentada Normalize Este Material Produto Das Máquinas De Computar E Dos Satélites Espaciais Cujo Invento Revirou Seu Gabinete De Trabalho E O Modo Dinâmico Como Os Dados Geográficos E Topográficos Passou A Capturar E Processar E Reproduzir Em Atlas Onde Vincula Uma Realidade Não Neutra Ou Forma De Conhecimento Visual Do Mundo Abstrata Para O Artista Vicário A Estetização Da Ciência Capaz De Preencher Por Si Só Lacunas